Morro da Fumaça: mais de 11 quilômetros de ruas receberão pavimentação

Prefeito Noi Coral assinou o contrato no valor de R$ 5 milhões do Programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica Federal nesta sexta-feira, 30

- PUBLICIDADE -

Mais de 50 ruas em 12 bairros e toda uma população beneficiada. Esta será a realidade de Morro da Fumaça com a aplicação de mais de R$ 5 milhões por meio do Programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). O contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF) foi assinado pelo prefeito Noi Coral nesta sexta-feira, 30. Ao todo, são 11,8 quilômetros de ruas a serem pavimentadas, ultrapassando os 93 metros quadrados.

A melhoria da infraestrutura da cidade é uma das principais metas do Governo Municipal e já demonstra resultados. “A partir da assinatura deste contrato Morro da Fumaça passa a ter uma nova realidade, já que muitas pessoas serão beneficiadas com estas pavimentações. Teremos menos poeira, menos buracos e ainda iremos economizar com a manutenção das estradas de chão”, enfatiza o prefeito Noi Coral, acrescentando que o financiamento só é possível porque o Município tem capacidade de endividamento e pagamento. “Este é um grande momento para Morro da Fumaça e principalmente para os fumacenses, pois através deste financiamento junto à Caixa terão melhoria na qualidade de vida. Agradeço a equipe da prefeitura que se envolveu na busca destes recursos, vencendo todas as etapas necessárias até aqui, e à Caixa por mais esta parceria”, ressalta.

- PUBLICIDADE -

Atenção constante às pavimentações

A cidade possui hoje em torno de 120 vias sem pavimentação, sendo que entre 2017 e 2018, o Governo Municipal pavimentou ruas no bairro Esperança, Mina Fluorita, Estação Cocal, Centro, Monte Verde e De Costa, a maioria com recursos próprios, além de várias outras que estão nos planos para receber melhorias. “A economia com o que é gasto atualmente na manutenção das estradas de chão ajudará a pagar as parcelas deste financiamento. Para manter estas ruas hoje, é necessário areão, caminhão pipa para molhar e evitar a poeira, máquinas para garantir que fiquem transitáveis, mão de obra, entre tantas outras coisas desnecessárias após a pavimentação. Isso sem contar os incontáveis benefícios aos fumacenses que não precisarão mais conviver com poeira, barro, buracos”, enfatiza o vice-prefeito Eduardo Guollo.

Busca por mais recursos

Mesmo com tantas vias sendo pavimentadas ou dentro do planejamento para receberem obras em breve, o prefeito e o vice também buscam constantemente recursos de emendas parlamentares com deputados estaduais e federais. “Estamos em constante contato com os nossos representantes em Florianópolis e Brasília na busca de verbas, mas mesmo assim não nos acomodamos e buscamos outras formas para realizar obras, umas delas é a economia gerada na Administração Municipal, que está proporcionando que a grande maioria das obras sejam realizadas com recursos próprios”, completa o vice-prefeito.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Morro da Fumaça

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.