Vigilância Radar faz doação para instituições

Casa Guido e Centro de Valorização da Vida (CVV) receberam R$ 10 mil cada na manhã desta quarta-feira

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Duas das principais instituições de Criciúma poderão melhorar os ambientes tanto para os visitantes quanto para os colaboradores. A Casa Guido e o Centro de Valorização da Vida (CVV) receberam, na manhã desta quarta-feira (28), R$ 10 mil cada da Vigilância Radar. “Para nós é uma alegria muito grande poder ajudar duas instituições da nossa cidade. Instituições de respeito, que salvam vidas”, destaca o empresário José Altair José Back.

- PUBLICIDADE -

A empresa fez a doação após ter sido premiada com o Troféu Solidariedade, em novembro do ano passado. “Recebemos um prêmio em Buenos Aires, de R$ 20 mil, entregue pelo sindicato patronal das empresas de segurança de Santa Catarina. E resolvemos fazer a doação para duas instituições de Criciúma”, revela o empresário.

A Vigilância Radar venceu com um projeto de incentivo para que colaboradores da empresa e clientes contribuíssem com a compra do imóvel da Casa Guido. “Fizemos essa campanha por 60 dias, e houve um aumento considerável das doações neste período”, explica Back. Além disso, a empresa também conquistou um segundo lugar, com a iniciativa de capacitar todos os funcionários em agentes multiplicadores contra o mosquito da dengue.

Destino para a verba

O dinheiro doado será utilizado para a readequação da estrutura nas duas instituições. No CVV, servirá para revitalizar o ambiente, oferecendo mais espaço para os voluntários.

Já na Casa Guido, será feita uma estrutura para que as mães que esperam os filhos possam ter mais conforto. “É muito bom. Uma iniciativa da Radar, que se lembrou da gente. Vemos que a sociedade aceita muito bem a Casa Guido em todos os eventos e em tudo que a fazemos. É o retorno do nosso trabalho, de uma importância muito grande”, afirma a coordenadora da instituição, Rosane Burigo Gonçalves.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.