PRF promove leilão de 1,8 mil veículos

Carros e motos documentados ou sucatas estão sendo leiloados na modalidade online e presencial

Entre os lotes estão veículos documentados, que podem voltar a circulação, e sucatas
- PUBLICIDADE -

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) leiloa, nessa quarta, 16, e quinta-feira, 18, cerca de 1,8 mil carros e motos apreendidos em Santa Catarina. O leilão será realizado na modalidade presencial e online. Entre os lotes ofertados estão veículos documentados, que podem voltar à circulação, e sucatas que servem apenas para desmonte de peças.

O leilão público terá início às 8h30min, presencialmente no Auditório da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional de Criciúma, no bairro Vila Rica, aos fundos do IGP (Instituto Geral de Perícias) e online pelo site da Êxito Leilões (www.exitoleiloes.com.br). O acesso será liberado para os usuários que efetuaram o cadastro no site com antecedência mínima de 48 horas (quarenta e oito) da data marcada para o evento, com todas as cópias dos documentos solicitados.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o leiloeiro Público Oficial, Daniel Elias Garcia, as pessoas físicas podem tentar adquirir apenas os veículos documentados, enquanto as sucatas podem ser arrematadas apenas por empresas de desmontagem devidamente registradas.

“A visitação pública dos lotes que serão leiloados pode ser feitas até esta segunda-feira, dia 14 de maio, nos respectivos pátios onde se encontram cada bem, no horário das 9h às 17h”, explica Garcia.

Outros esclarecimentos, bem como a cópia do Edital com os bens devidamente especificados a serem leiloados poderão ser obtidos diretamente com o leiloeiro, por meio do endereço. Mais detalhes sobre o leilão estão no site oficial e nos telefones (48) 3413-7180, 3081-2310 e 99138-6012.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Luana Mello
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.