Manifestação contra Reforma da Previdência reúne centenas de pessoas em Criciúma

Sindicalistas e estudantes estão em frente à agência do INSS desde as 8h desta segunda-feira, 19

Divulgação/DN
- PUBLICIDADE -

Matheus Reis
Criciúma

Centenas de pessoas estão reunidas, na manhã desta segunda-feira, 19, em frente à agência do INSS, no Centro de Criciúma. Os sindicalistas e estudantes manifestam pacificamente contra a Reforma da Previdência e a precarização do atendimento do INSS no município. Manifestantes de Tubarão e Laguna também se juntaram na luta.

- PUBLICIDADE -

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Criciúma e Região, Célia Vargas Vieira, os manifestantes querem chamar a atenção de deputados e senadores, garantindo que se a Reforma for aprovada, eles não serão reeleitos, tampouco suas indicações. “Por que uma reforma não acontece com quem tem os salários mais altos? O Brasil é um dos países que mais gasta com parlamentares e ninguém pensa em diminuir este valor. Focam em quem ganha um salário mínimo e precisa ‘morrer trabalhando’”, cobra Célia.

Serviços continuam normalmente

Os atendimentos no INSS continuam normalmente. De acordo com os manifestantes, não há intenção de fechar bancos ou parar ônibus ao longo do dia.

Segundo a coordenadora regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Kelly, Pacheco, a maioria das escolas do Estado também permanece com aulas normais, com exceção do Colegião, no bairro Comerciário, que paralisou as aulas nesta manhã.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.