Criciúma: participantes dos cursos ofertados pela Afasc Solidária recebem certificados

Durante três meses, mulheres participaram dos cursos de escovistas e maquiagem com os profissionais do Salão Charmosa, e de doceira na Mathesch

Foto: Comunicação Afasc
- PUBLICIDADE -

Mais 32 mulheres estão aptas para entrar no mercado de trabalho nas áreas de alimentação e beleza. A Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) realizou no fim da tarde desta quarta-feira (10), a entrega dos certificados de Escovista e Maquiagem para 15 mulheres e mais 17 declarações de conclusão do curso de Doceira. As aulas foram possíveis, através de uma parceria entre Afasc Solidária, Salão Charmosa e Mathesch, por meio do projeto “Mulheres do Bem”.

De acordo com a presidente de honra da Afasc, Adriana Salvaro, é importante que as mulheres estejam preparadas para enfrentar o mercado de trabalho, mas para isso precisam ter qualificação profissional. “O projeto “Mulheres do bem”, tem proporcionado momentos super importantes para as mulheres cadastradas na Afasc Solidária. O departamento de Assistência Social da Afasc, busca oportunizar esse momento de aprendizagem para que elas tenham bagagem suficiente para buscar sua melhora social, e hoje, elas estão recebendo esses certificados, que abre novas portas na vida delas. Espero que esse seja o começo de uma linda caminhada”, destaca.

- PUBLICIDADE -

Durante três meses, as beneficiadas se preparam com profissionais qualificados, para que estivessem aptas a prestar um serviço de qualidade, ao mesmo tempo que garante uma renda e mais qualidade de vida.

Cursos permitem novas oportunidades

Durante as aulas, os instrutores dos dois cursos, não ensinaram apenas um ofício, procuraram repassar também valores, aumentar a autoestima e apoiar cada aluna, o que colabora para as mudanças de vida.

Prova disso, é a moradora do bairro São Domingos, Alessandra Mateus Izidoro, 18 anos, que está grávida de aproximadamente sete meses, e vai aproveitar o curso de doceira, para ampliar a renda familiar. “Essa foi minha primeira oportunidade relacionado a área de doces que eu faço. Fiquei muito feliz por poder fazer parte desta turma, pela oportunidade que a Afasc Solidária me deu. Possa trabalhar em casa nesse momento que estou grávida. Aprendi muita coisa com a professora Adenise, e vou usar para ampliar minha fonte de renda”, comenta a participante.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.