Cedups abrirão matrículas no segundo semestre

Revisão nos currículos deverá ser realizada para evitar evasões nas unidades de ensino

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Após as diversas manifestações realizadas ao longo dos últimos dias, a Secretaria de Estado de Educação voltou atrás e alterou a decisão que suspendia as matrículas para o segundo semestre dos Cedups. Estas instituições de ensino estão livres para ofertar os cursos que julgam necessários para o mercado de trabalho em que estão inseridos.

- PUBLICIDADE -

Segundo a diretora do Cedup de Criciúma, Maristela Bolan, neste segundo semestre serão oferecidas matrículas aos cursos de Administração, Contabilidade, Análises Clínicas, Química e informática. “Apenas não vamos oferecer o curso de Edificação, por este passará por modificações”, explica.

A notícia de que as matrículas votariam a ser oferecidas foi contada aos diretores dos 18 Cedups de Santa Catarina em uma reunião em Florianópolis, com a presença da secretária de Estado de Educação, Simone Schramm. “Foi uma reunião muito produtiva e já pedimos um próximo encontro para pensarmos já em 2019”, salienta Maristela.
Uma revisão dos cursos também deverá ser realizada. Os diretores de cada unidade devem realizar estudos junto com as equipes sobre a matriz curricular e as ofertas e necessidades dos cursos de cada região. O objetivo da revisão é combater os altos índices de evasão, já que há cursos com mais de 40% de desistência de um semestre para o outro.

As matrículas dos novos alunos serão realizadas em data ainda a ser definida pelas unidades. “Em momento algum se cogitou a possibilidade de acabar com o Ensino Profissionalizante em Santa Catarina: eu respeito e sei o quanto é importante o trabalho realizado nestas instituições”, ressalta a secretária.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.