Casa da Cultura do Rio Maina será chamada de Solange Scotti

Vereadores aprovam por unanimidade projeto de lei de Julio Colombo

- PUBLICIDADE -

Importante nome para a cultura de Criciúma, Solange Scotti será eternizada na Casa de Cultura do Rio Maina. Com autoria do presidente da Câmara de Vereadores, Julio Colombo, os legisladores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei que intitula o prédio com o nome da diretora de Cultura da Fundação Cultura de Criciúma (FCC).

Solange morreu há cerca de um ano, aos 69 anos, vítima de um câncer. Antes de morrer ela estava à frente da Associação Latino Americana de Corais e participou da realização de um Festival de Corais realizado na cidade, poucos dias antes do falecimento. Ela também teve papel fundamente na promoção da Feira do Livro no município e no Festival Internacional de Corais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.