Time da Raça: foco na continuidade

Presidente Dorval Arriola Rodrigues garante que muitos jogadores serão procurados para seguir no clube em 2019

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Itajaí

- PUBLICIDADE -

Com o título da Série C do Catarinense garantido, é hora de pensar já no próximo ano. Mesmo em meio à comemoração da conquista deste domingo, em Itajaí, o presidente do clube, Dorval Arriola Rodrigues, já começou a falar sobre a disputa da Série B de Santa Catarina. Ele garante que muitos jogadores podem continuar no clube. “O que vamos fazer? Nada mais do que fizemos até agora. Planejar 2019, claro que com bastante calma e consciência de que é uma competição mais difícil em termos de datas e custos. O trabalho é esse: temos condições de planejar. Tem atletas que tem todas as características e perfil para continuar no clube. São meninos conscientes e profissionais. Agora, dentro de um orçamento e bem escolhido, poderemos oferecer um salário mais compatível para fazer um bom campeonato da Série B 2019”, comentou ao repórter Jota Éder, da rádio Eldorado.

Dorval acredita que há um grupo de vencedores do Time da Raça. “O trabalho foi coroado e recompensado, como nós já tinhamos falado. Está se formando um grupo de vencedores. Tudo iniciou em dezembro, janeiro e fevereiro de 2018 e tivemos essa resposta rápida. Graças a Deus, somos campeões”, completou.

Com muitas dificuldades financeiras, o Próspera só conseguiu cumprir com todos os objetivos devido à ajuda de empresários da região. “A gente recebeu ajuda de vários empresários. Nesta semana, vamos agradecer oficialmente a eles porque foram eles que garantiram 85, 90% do salário desses atletas. Foi na base da parceria que o trabalho aconteceu. Então, para 2019 não se sabe se vai continuar desta forma, mas a gente agradece a esse pool de empresas”, enfatizou.

Sobre o jogo, o presidente esteve no meio da torcida do Atlético Itajaí e destacou as intervenções do goleiro Jonatas. “Sofri bastante. Eu assisti ao jogo no meio da torcida do Itajaí e pensei até que poderíamos ser envolvidos pelo time deles. O time deles tem mais familiaridade com o piso sintético, mas, no momento que precisou, o Jonatas fez três defesas fundamentais. Nosso goleiro mostrou serviço e nosso time soube segurar. No momento que eles menos esperavam, a gente fez o gol do título”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.