- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Nova Veneza

- PUBLICIDADE -

Fotos: Tiago Monte/DN

O momento do futebol não-profissional é do Metropolitano. Neste domingo, a equipe bateu o tradicional rival, Caravaggio, por 3 a 2 e deu um grande passo para conquistar a 70ª edição do Campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira (Larm), a Taça Carvão Mineral. É a quarta vitória do Metrô sobre o tradicional rival, apenas neste ano. A estrela do atacante João Simon brilhou na partida. O Carava vencia por 2 a 1 quando o atacante entrou em campo. Ele marcou duas vezes, nos últimos 15 minutos, e deu a vitória para o Vermelhão da Veneza, que pode levantar o título no estádio Darci Marini, no próximo domingo. “Nós temos um grupo forte e quem tem entrado aproveita. Eu tenho entrado e fazendo o que sei: gols. Agora é continuar da mesma forma para tentar o título na semana que vem”, comentou João Simon.

Na primeira etapa, o Caravaggio começou melhor na partida. Entretanto, aos oito minutos, Beto Cachoeira recebeu a bola na área e bateu forte, mas perdeu a chance. A resposta veio no minuto seguinte quando Matheus Laguna recebeu a bola, pela direita, e finalizou para a boa defesa de Passarela para escanteio. Quando o Azulão da Montanha era melhor em campo, Ronaldinho Gramadense cobrou uma falta com perfeição, na intermediária, e abriu o placar: 1 a 0 para o Metrô aos 12 minutos.

A partir daí, o Metropolitano assumiu o controle da partida. Aos 27 minutos, Beto Cachoeira fez uma boa jogada pela esquerda, passou por dois marcadores e cruzou para Andrei, que chutou rasteiro, no canto, mas Rodrigo fez uma grande defesa. O Vermelhão estava melhor na partida, mas acabou sofrendo o empate, aos 30 minutos. Após bola cruzada da direita, Gustavo empatou o jogo, de cabeça.

A partida seguiu muito disputada com marcação forte e faltas mais ríspidas de ambos os lados até o final do primeiro tempo. “Nosso time é de posse de bola, mas começamos a dar balão e deixamos eles melhorar na partida. Temos que voltar a jogar no segundo tempo”, comentou o centroavante do Metrô, Beto Cachoeira, no intervalo.

No segundo tempo, a partida voltou muito equilibrada, mas com o Carava buscando o gol e mantendo a boa atuação que realizou na primeira etapa. Aos 16 minutos do segundo tempo, o Caravaggio virou o jogo em uma infelicidade de Shayder. Maicon Ermo cobrou a falta, Passarela e o zagueiro ficaram na indecisão e a bola pegou no pé de Shayder e entrou: 2 a 1 para o Azulão da Montanha.

Um dos melhores em campo, Matheus Laguna resgatava os melhores momentos com a camisa do Caravaggio, mas levou o terceiro cartão amarelo aos 23 minutos e está fora do segundo jogo. Ronaldinho Gramadense também levou a terceira advertência e não participará da grande final.

A partir daí, brilhou a estrela de João Simon, que entrou na metade da segunda etapa. Aos 32 minutos, a zaga do Caravaggio parou, após cobrança de falta de Will, a bola atravessou a área e João Simon cabeceou para a defesa de Rodrigo, mas, na volta, o atacante finalizou forte e marcou 2 a 2. A virada veio aos 40 minutos do segundo tempo: João Simon aproveitou outra chance e deslocou Rodrigo para fazer 3 a 2 e dar a vantagem ao Metrô. O Vermelhão da Veneza joga por um empate no próximo domingo, no estádio Darci Marini, para ficar com a taça do Regional da Larm. “Foi um jogo digno de final. Nós tínhamos ciência do adversário, não precisa ninguém falar do momento deles, os números dizem. Fizemos um jogo que é o que se deve esperar do elenco do Caravaggio, mas alguns detalhes desestruturam a equipe. Mudanças que não estavam no script comprometeram a partida e nos custaram a derrota”, finalizou o volante Brenno, capitão do Caravaggio.

FICHA

Campeonato Regional da Larm – Final – Primeiro jogo

Domingo (02/12) – 16h30min – Estádio da Montanha, distrito de Caravaggio, em Nova Veneza

CARAVAGGIO

Rodrigo; Andinho, Tijolo, Gustavo e Esquerdinha; Brenno, Rafinha (João Artur (David)), Juca e Maicon Ermo (Pombo); Matheus Laguna (Thiago Silvy) e Marcel Emerim (Alan Miguel ). Técnico: Geraldo Spricigo

METROPOLITANO

Passarela; Dudu, Cleiton (Henrique), Shayder e Fá; Filipe Monteiro, Andrei (João Simon), Ronaldinho Gramadense (Dedê) e Renan Maia (Will); Julio Abú (Marquinhos) e Beto Cachoeira. Técnico: Jean Reis

Arbitragem: Luiz Augusto Silveira Tisne; Auxiliares: Guilherme Costa Gonçalves e Igor da Silva Albuquerque

GOLS: Gustavo (30/1T) e Shayder (contra – 16/2T) (C); Ronaldinho Gramadense (12/1T) e João Simon (32/2T e 40/2T)) (M)

Cartões Amarelos: Matheus Laguna, Marcel Emerim, Alan Miguel e Tijolo(C); Renan Maia, Ronaldinho Gramadense e João Simon (M)

Cartões Vermelhos: Tijolo

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.