Meio-campo povoado em Goiás

Técnico Mazola Júnior opta por Liel na vaga de João Paulo e vai com cinco jogadores no setor de meio para o jogo de amanhã

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O indício dado pelo técnico Mazola Júnior, no treino de terça-feira, se confirmou no trabalho do Tigre realizado na tarde de ontem: Liel será titular, amanhã, contra o Goiás. Porém, Eduardo também estará no time. Assim, o comandante carvoeiro opta por um time mais defensivo na capital goiana. Em um sistema 4-3-2-1, também conhecido como “árvore de natal”, apenas Vitor Feijão será atacante de origem. Élvis e Luiz Fernando terão a missão de auxiliar o setor ofensivo, chegando mais perto do gol adversário.

Um dos gols marcados no trabalho realizado no CT Antenor Angeloni surgiu em uma jogada de Élvis e Sueliton pela direita, Vitor Feijão fechou pelo meio, mas Luiz Fernando pegou a sobra e marcou. Essa deve ser a tônica no confronto desta sexta: Tigre se defendendo bem, povoando o meio de campo e saindo com rapidez nos contra-ataques. O time titular deve ter: Luiz; Sueliton, Nino, Fábio Ferreira e Artur; Liel, Eduardo, Marlon Freitas, Élvis e Luiz Fernando; Vitor Feijão. Os reservas treinaram no 4-3-3, semelhante ao sistema do adversário, com: Junior Beliatto; Ralph, Ianson, Jacy Maranhão e Eltinho; Jean Mangabeira, Wallacer e Alex Maranhão; Andrew, Kalil e Nicolas.

Atenção à bola aérea adversária

O Goiás vem de quatro vitórias e um empate. O time saiu da zona de rebaixamento e está 11ª posição da classificação. Com um time alto e forte, Mazola Júnior alertou para os perigos da bola aérea do time goiano e também para as características fortes de bola parada dos meias. “O Cajá coloca a bola lá ou lá”, disse o treinador, durante o trabalho de ontem, se referindo ao meia Renato Cajá, do Goiás, e apontando para os bicos da área pequena. “A gente sabe que o Goiás tem um time muito experiente, com dois meias experientes no cenário nacional: Renato Cajá e Felipe Gedoz, com certeza temos que fazer uma marcação especial nos dois para não deixar o time deles jogar e a gente conseguir a vitória”, comentou o meia Élvis.

Em outro momento, durante cobrança de escanteio, Mazola pediu atitude dos defensores. “Tem que combater eles. Não pode dar espaço”, cobrou. Em um gol sofrido pelos titulares, o técnico advertiu. “Se não corrigir isso, vai ser uma festa na sexta”, alertou. É o Tigre pronto para os perigos do adversário e em busca do resultado positivo para sair do Z4 na Série B. “A gente tem melhorado bastante, mas perdemos muito no começo, então, nossa melhora não parece tão significativa, mas, em termos de pontuação, estamos pontuando bem”, ressaltou Élvis.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.