- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Foto: Lucas Colombo/DN

Na véspera do clássico diante do Figueirense, o técnico Mazola Júnior evitou falar em contratações durante a entrevista coletiva realizada na tarde chuvosa de quarta-feira na Sala de Imprensa Clésio Búrigo. E mais: ele deixou claro que não deve voltar a falar no assunto. Para o comandante carvoeiro, quem buscará os jogadores é a diretoria.“Em relação a contratações, já avisei, volto a dizer para vocês e peço a compreensão: está com a diretoria. Eles é que estão com os folhetos na mão e com a caneta, que é o principal”, comentou.

Com as lesões de Zé Carlos e Lucas Coelho, que devem ficar fora do time por algum tempo, Mazola deve apostar nos jovens da base. O único centroavante de origem que ele tem à disposição é Kalil. “Nós vamos tentar dar uma oportunidade para os outros meninos que estão aqui, formados no clube, que até o momento não tiveram chance. Eles estão muito bem treinados e bem preparados. Quem sabe não aproveitem essa oportunidade que talvez vá aparecer”, comentou.

Zé Carlos tem uma hidrocele – inchaço no saco escrotal resultante de acúmulo de líquido na região – e está sendo observado diariamente. Uma cirurgia não é descartada. Lucas Coelho, entretanto, fará uma intervenção na sexta-feira para corrigir um problema no menisco do joelho esquerdo e deve retornar apenas em agosto.

O diretor de futebol, Nei Pandolfo, segue em busca de um lateral direito e um meia. Eles devem chegar de um clube da Série A do Brasileiro. A parada para a Copa do Mundo atrasou os negócios do Tigre, mas os dirigentes seguem trabalhando para efetivar novos nomes no elenco carvoeiro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.