- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O mistério persiste. No treino desta terça-feira, o técnico Mazola Júnior não separou os jogadores do Criciúma em titulares e reservas. Em mais uma tarde gelada, os atletas trabalharam transição e finalização de jogadas. Com sete atletas em cada equipe, o que mais se pareceu com um esboço de time titular tinha: Sueliton, Nino, Artur, Liel, Marlon Freitas, Luiz Fernando e Vitor Feijão. Além deles, mais três times se alternavam em um dos gramados do CT Antenor Angeloni.

Eduardo, titular nas últimas partidas, treinou em uma equipe que contava com Fábio Ferreira e mais alguns reservas como Sandro e Ianson. Caso opte por Liel, Mazola terá um meio campo com maior poder de marcação. Diante do Figueirense, a escalação de Eduardo e Marlon Freitas, ao lado de Luiz Fernando e Élvis, foi justificada por apresentar jogadores com características “mais leves” que se assemelhavam com o time da capital, de acordo com o treinador.

Mesmo não assinalando titulares e reservas, o trabalho já serviu para esboçar o que o treinador pensa para a partida de sexta-feira, em Goiânia. Durante entrevistas coletivas, na segunda e na terça-feira, Vitor Feijão e Artur deram a entender que um empate no Centro-Oeste não seria visto com maus olhos pelos atletas.

No ataque, para o lugar de João Paulo, não há indícios de substituto. Andrew, Julimar, Kalil e Nicolas disputam a vaga. Os segredos devem ser desvendados na tarde de hoje, quando acontece o penúltimo treino antes da partida diante do Esmeraldino.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.