- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Após Eduardo, que tem uma lesão muscular de grau 1 na coxa, outro volante do Criciúma não estará em campo diante do Oeste: Jean Mangabeira. Ele teve a mesma lesão do companheiro e ficará de fora do time por 10 dias. Assim, também não deve enfrentar o Brasil, em Pelotas, no dia 21. Jean sequer esteve no gramado, no treino da tarde de ontem.

O técnico Mazola Júnior tem duas opções para o setor: Marlon Freitas, Leandro Melo e Liel, que fez um trabalho de preparação física especial e pode voltar a aparecer entre os titulares. Freitas tem entrado nas últimas partidas do Tricolor Carvoeiro e é o favorito à vaga. “Eu venho trabalhando firme em busca da minha oportunidade, claro que sempre respeitando os companheiros. Espero, se o Mazola optar por mim, fazer um grande jogo e ajudar o Criciúma a sair dessa situação”, explicou Marlon.

No trabalho da tarde desta terça-feira, o comandante carvoeiro não deu pistas do time que vai a campo no sábado. Ele dividiu o elenco em três times e enfatizou a posse de bola e o raciocínio dos jogadores. “Vamos pensar mais e correr menos”, disse o treinador, em um momento do trabalho. No final da atividade, as equipes treinaram também com os goleiros, onde um time marcava e outros dois tentavam finalizar.

O atacante Zé Carlos não participou da atividade. Ele sentiu um desconforto na coxa direita, mas nada que preocupe para o jogo no interior paulista. Liberados pelo departamento médico, Sandro, Eltinho e Maílson treinaram normalmente. Entretanto, em um lance de má sorte, o atacante sofreu um pisão involuntário no tornozelo de Andrew, que estava no mesmo time de Maílson, e deixou o trabalho mais cedo, de ambulância. Ele será reavaliado pelo departamento médico.

O centroavante Lucas Coelho segue na transição com o auxiliar de preparação física, Ramon Fábris, e trabalhou em separado dos demais jogadores.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.