Criciúma: Anjos do Futsal e Hemosc ultrapassam 175 doações de sangue

Campanha de doação de sangue envolveu os 22 núcleos do Anjos do Futsal inseridos em 18 municípios da Amrec e Amesc

- PUBLICIDADE -

Criciúma

O Anjos do Futsal e o Hemosc se uniram em uma campanha de doação de sangue que atingiu 218 candidatos a doação e destas 179 foram doações efetivas. A campanha Precisamos de Jogadores com seu Tipo – Doe Sangue foi realizada durante quatro meses (agosto a dezembro de 2018) e envolveu os 22 núcleos do projeto que estão inseridos em 18 municípios.

- PUBLICIDADE -

A iniciativa desta campanha partiu do Anjos do Futsal que tem em sua programação anual uma ação envolvendo a comunidade e juntamente com o projeto do Hemosc Empresa Solidária foi possível realizar esta campanha que trouxe vários benefícios. Para a responsável pelo setor de captação de doadores do Hemocento de Criciúma, Maria Regina Boteon Buttner, esta ação aumentou o número de doadores, mobilizou municípios da região de Criciúma, conscientizou uma parte da população que teve contato com esta iniciativa, despertou e estimulou o trabalho social e ainda desmistificou a doação de sangue para várias pessoas. “Esse trabalho desperta o exercício e a cidadania nas pessoas envolvidas, além de conscientizar sobre a importância da doação de sangue como uma responsabilidade pessoal e que ter um bom estoque no Hemosc é interesse de todos”, declara.

O objetivo inicial da campanha Precisamos de Jogadores com seu Tipo – Doe Sangue era que cada um dos 22 núcleos do Anjos do Futsal alcançasse cinco doadores de sangue, somando 110 doadores e os professores dos quatro núcleos que mais tivessem doações ganhariam uma premiação em dinheiro. “Nosso objetivo foi ultrapassado e saímos satisfeitos com as mais de 175 doações alcançadas. E temos certeza que vários destes doadores continuarão a doar sangue continuamente”, comenta o coordenador técnico do Anjos do Futsal, Jean Reis.

O município de Morro da Fumaça ficou em 1º lugar com 25 doações de sangue, o 2º lugar foi Treviso com 21 doações, em 3º lugar ficou Cocal do Sul que teve 19 doadores e Jacinto Machado com 16 doadores ficou em 4º lugar. “Esta campanha também foi muito válida por mobilizar pessoas de municípios mais distantes de Criciúma que não eram envolvidos neste tipo de ação, conscientizando para uma nova iniciativa que poderá se tornar rotina e alcançar outras pessoas de convívio”, destaca Jean Reis.

Todos os doadores de sangue ganharam uma camiseta desta ação que teve apoio das empresas Anjo Tintas, Bistek, Monello, Carvão Mineral Siecesc e Unesc.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.