Forquilhinha: Pais pressionam para evitar que filhos sejam transferidos de escolas

Aproximadamente 30 pessoas participam da sessão na Câmara de Vereadores para pedir o apoio ao Legislativo no assunto

Foto: Divulgação/Eliane Gonçalves
- PUBLICIDADE -

Forquilhinha

Aproximadamente 30 pessoas acompanharam a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Forquilhinha nesta segunda-feira, 5, pressionando contra a transferência de estudantes para o município. Esses pais pedem o apoio do Legislativo para evitar que os filhos sejam removidos de escolas de Criciúma, onde estavam matriculados, e transferidos para instituições de ensino da cidade.

- PUBLICIDADE -

A justificativa para isso é que, apesar da escola atual se localizar em Criciúma, os alunos já estão adaptados com o ambiente e frequentam o ensino integral. Conforme os pais, se essas crianças forem transferidas para Forquilhinha, ingressarão em uma lista de espera.

A mobilização na Câmara é uma resposta contra o anúncio feito pela Prefeitura de Criciúma há uma semana, que não vai mais aceitar matrícula de alunos residentes em municípios vizinhos, o que atinge diretamente diversas crianças de Forquilhinha.

Nesta semana, a Secretaria de Educação de Forquilhinha deve se reunir com os pais desses estudantes para discutir o assunto.

Entenda melhor o caso:

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Forquilhinha

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.