Um novo tempo para o Criciúma Shopping

Empreendimento celebra 22 anos apresentando novidades e novas quatro operações ainda para 2018

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

Matheus Reis

Criciúma

- PUBLICIDADE -

“O Criciúma Shopping, com 22 anos, arregaça as mangas e volta para a briga”. A afirmação é do superintendente do empreendimento, Edmilson Martins ao comemorar, na noite de ontem, o aniversário do shopping. Embora a data oficial seja 29 de outubro, o coquetel de celebração ocorreu ontem para marcar, também, o lançamento da coleção de verão, que teve um editorial gravado recentemente em São Paulo, e a divulgação de novas quatro operações.

Até o próximo mês, duas lojas de moda, sendo uma voltada para o jeans e outra para a moda sleepwear e lingerie; uma construtora e uma loja de colchões se instalam no local. Outra novidade diz respeito a Havan, que há anos fica anexa ao Criciúma Shopping. A loja será ampliada em mil metros quadrados, reajustando a estrutura e renovando seu contrato, de acordo com Martins, para mais 51 anos. “O Criciúma Shopping se encolheu diante da crise econômica vivida no país, mas se reinventou e hoje encontrou o caminho no sentido de valorizar o que é local. Valorizar o que é nosso”, garante.

“Onde pulsa o coração da cidade”

Martins ressalta o novo tempo vivido pelo Criciúma Shopping que, quando aberto, parecia tão longe do centro da cidade, mas que, agora, fica onde “pulsa o coração da cidade”. “Eu lembro quando começou a se trabalhar aqui. As pessoas falavam “lá na Próspera…”. Hoje não é mais “lá…” Pessoas investiram com visão e hoje vemos que o Criciúma Shopping está onde a cidade está”, pontua.

O superintendente destaca o local privilegiado do empreendimento, já que hoje as pessoas que chegam em Criciúma pela Via Rápida passam, em sua maioria, por ali. Além disso, ele frisa que o Parque das Nações reúne centenas de pessoas todos os finais de semana, dando vida à região. “Temos centros médicos ao entorno, novos empreendimentos gastronômicos. Isso sem falarmos nas construções e projetos que há para a região”, acrescenta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.