Secretaria de Estado da Educação volta atrás e contratará segundos professores

Na semana passada, o Estado abriu processo seletivo para contratação de educadores para 2019 e 2020 sem incluir profissionais com formação em educação especial

Imagem ilustrativa | Foto: Lucas Colombo/Arquivo/DN
- PUBLICIDADE -

A Secretaria de Estado da Educação (SED) voltou atrás e anunciou, nesta terça-feira, 27, a prorrogação do edital em vigor para admitir exclusivamente um segundo professor de turma, que atende os alunos com necessidades especiais, em Santa Catarina. Na prática, isto possibilita manter e contratar profissionais temporários para esta área.

Na semana passada, o Estado havia aberto processo seletivo para contratar professores sem incluir os profissionais com formação em educação especial. Também na semana passada, o Ministério Público de Santa Catarina (MP/SC) encaminhou uma recomendação preventiva à SED para que fossem adotadas todas as providências administrativas necessárias para que, no dia 2 de fevereiro de 2019, início do ano letivo, todas as turmas das escolas estaduais de educação básica que tenham estudantes com necessidades especiais matriculados estejam assistidas por segundos professores com a habilitação mínima em educação especial.

- PUBLICIDADE -

A SED tinha a intenção de dar formação continuada aos professores efetivos sem carga completa para que estes pudessem assumir as vagas.

Confira o comunicado:

A pedido da secretária de Estado da Educação, Simone Schramm, o governo do Estado autorizou a prorrogação do edital nº 1.960/2016/SED em vigor para admissão, exclusivamente, do Segundo Professor de Turma. Esta prorrogação, em caráter excepcional e acordada pela SED com o secretário de Administração, Milton Martini, possibilita contratar professores em caráter temporário (ACTs) para atenderem os alunos com necessidades especiais dos níveis de Ensino Fundamental e Ensino Médio e na modalidade de Educação de Jovens e Adultos no ensino regular da rede pública estadual. A Secretaria de Estado da Educação reforça que está garantido o atendimento de qualidade para todos os alunos no ano letivo 2019.

Oito mil alunos especiais em SC

Atualmente, em todo o estado são quase 8 mil alunos matriculados na rede pública de ensino que têm algum tipo de necessidade especial e que dependem do segundo professor em sala de aula. No total, são 5.283 profissionais nessa função, que existe desde 2007.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.