Nova Veneza realiza ato de consolidação e cooperação bilateral com Malo

Prefeito de Nova Veneza Rogério Frigo e a prefeito de Malo, Paola Lain descerram a placa do gemellaggio no pórtico de entrada da cidade acompanhados do vice-prefeito Sérgio Alberto Spilere, do Conselheiro da Provincia de Vicenza, Roberto Sette e o vereador Maurizio Cogo. A comitiva também aproveitou para fazer o registro do carimbo em visita a gôndola.

- PUBLICIDADE -

Na manhã desta segunda-feira, dia 19, foi realizado um ato de consolidação e cooperação bilateral entre Nova Veneza e Malo (Itália). O objeto do encontro é fortalecer o gemellaggio entre as duas cidades irmãs que irão assinar o acordo internacional acadêmico educacional. O momento iniciou com os hasteamentos das bandeiras brasileira e italiana. Logo após, o prefeito de Nova Veneza Rogério Frigo e a prefeito de Malo, Paola Lain descerram a placa do gemellaggio no pórtico de entrada da cidade acompanhados do vice-prefeito Sérgio Alberto Spilere, do Conselheiro da Provincia de Vicenza, Roberto Sette e o vereador Maurizio Cogo. A comitiva também aproveitou para fazer o registro do carimbo em visita a gôndola.

De acordo com o vereador Aroldo Frigo Junior Malo e Nova Veneza se assemelham em diversos aspectos. “Da gente, das famílias, dos hábitos passando pelo relevo e até mesmo na economia. Por isso são cidades irmãs”, ressalta.

- PUBLICIDADE -

“Nos sentimos muito bem acolhidos e emocionados por todos de Nova Veneza. E hoje à noite iremos entregar o documento de intenção de intercâmbio educacional e cultural”, ressalta a prefeita Paola Lain.

O prefeito Rogério Frigo afirma que a vinda da comitiva consolida ainda mais as características italianas da cidade de Nova Veneza fortalecendo o turismo no município. “São ações que vão garantir cada vez mais esse perfil de berço da cultura italiana e fomentando o nosso turismo”, explica o gestor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.