Motociclista criciumense que se acidentou no RS pode perder movimentos

Andrei Costa está em coma induzido depois de passar por uma cirurgia para reverter a pressão feita na sua medula após quebrar 2ª vértebra

Foto: Reprodução Facebook
- PUBLICIDADE -

Matheus Reis

Caxias do Sul (RS)

- PUBLICIDADE -

Segue em estado grave o motociclista criciumense Andrei Costa, que se acidentou, na sexta-feira, 2, quando treinava para mais uma etapa do SBK Gaúcho de motovelocidade, na cidade de Guaporé, na Serra do Rio Grande do Sul.

Costa está em coma induzido depois de passar por uma cirurgia para reverter a pressão feita na sua medula após quebrar 2ª vértebra, o que é considerada uma lesão cervical grave. O piloto ainda corre risco de vida e, de acordo com o boletim médico divulgado, logo após a operação no hospital de Caxias do Sul, onde ele está internado, as chances de que ele perca o movimento dos braços e pernas é quase 100%.

Os médicos ainda analisam, também, a possibilidade de sequelas neurológicas, já que Andrei teve paradas cardíacas em sequência. Um marco passo foi colocado para que seu coração continue batendo.

No boletim divulgado, o médico reitera que o momento é de lutar pela sua vida e somente depois é necessário pensar nas demais sequelas. O profissional explicou que a lesão de Andrei deslocou a coluna na junção com o crânio, o que piora seu estado de saúde.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.