Médicos do HRA recebem salários atrasados

Estado demorou quase dois meses para repassar o recurso ao Ideas. Essa é a primeira vez que a situação ocorre na instituição

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

Após o pagamento dos salários atrasados, os médicos do Hospital Regional de Araranguá suspenderam uma possível medida de contenção nos atendimentos. O Estado demorou quase dois meses para repassar os recursos ao Instituto Ideas, que atualmente é responsável pela administração da Instituição.

De acordo com o diretor clínico da instituição, Lannes Leal Cunha, em uma assembleia realizada na manhã de ontem, a categoria decidiu que em caso de atrasos nos próximos meses, haverá suspensão de alguns atendimentos no hospital. “Acordamos que, após 22 dias de atraso, se o Estado não realizar o repasse ao Ideas, vamos mandar cartas informando ao Ministério Público, imprensa e Promotoria sobre a medida de contenção”, explica.

- PUBLICIDADE -

A medida de contenção suspende temporariamente as cirurgias eletivas, é realizando somente o atendimento de emergências médicas e a UTI não recebe novos pacientes. “Esse já é um acordo comum em outros hospitais da região. São apenas medidas de precaução”, destaca o diretor clínico.

Ainda segundo Cunha, essa é a primeira vez que ocorrem problemas com o repasse de recursos ao Ideas. “Antes de tomar essa decisão pesquisamos se essa situação estava ocorrendo em outros Hospitais e descobrimos que não. Acreditamos no Ideas e a nossa intenção é evitar problemas futuros com relação ao pagamento dos médicos”, comentou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.