Jovens na indústria: Incentivo faz parte de projeto do Simec e Senai

Inscrições para o programa industrial de aprendizagem em Inspetor de Análise da Qualidade estão abertas

- PUBLICIDADE -

O ingresso no primeiro trabalho muitas vezes pode ser uma dificuldade para os jovens. Por isso o Senai tem o projeto Jovem Aprendiz Senai, que ajuda jovens que ainda estão estudando a ingressar na indústria. As inscrições para o programa industrial de aprendizagem em Inspetor de Análise da Qualidade estão abertas.

Funciona da seguinte maneira, o jovem se inscreve no SENAI até 18 de janeiro, e as indústrias filiadas ao Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Material Elétrico de Caravagio (Simec) farão a seleção, para que em 4 de fevereiro o jovem inicie no Senai e na Empresa. Para este programa específico desenvolvido para o Simec espera-se a contratação de 33 jovens.

- PUBLICIDADE -

Segundo o coordenador de educação, Rodrigo Brandelero, além de adquirir os conhecimentos técnicos no Senai e a prática da função na indústria, o aluno tem o registro na carteira de trabalho e um certificado do Senai. “É bem comum que os jovens com bom rendimento sejam contratados, por isso o foco são jovens que já possuem 18 anos, as chances aumentam e muito”, explica ele. Para a empresa conhecimentos adquiridos e praticados lá mesmo, para o aluno aprendizado e maiores chances de uma profissão com emprego garantido.

Mais sobre o Curso

O Inspetor de Análise da Qualidade tem como competências, preparar processos de fabricação, planejando, executando os processos de produtos e observando os parâmetros de qualidade dos produtos. Atualmente a mão de obra formada requer um alinhamento na maioria das vezes específica para suportar o crescimento das empresas. Então a demanda formativa de aprendizes foi motivada e apontada pelas indústrias do Simec.

Apesar de atuações específicas dentro do segmento metal mecânico, as atividades realizadas envolvem normalmente um conjunto de atividades que é comum em todas as empresas deste segmento o que motivou a criação do programa apresentado.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.