Criciúma festeja Santa Bárbara, padroeira da cidade

Dezenas de pessoas celebraram, nesta segunda-feira, 3, a vida da mártir, que também é lembrada como intercessora dos mineiros. Festejos continuam na terça-feira, 4

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

Matheus Reis

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Antes mesmo do sol se pôr, dezenas de pessoas já aguardavam a chegada de Santa Bárbara, para comemorar, mais uma vez, o dia da padroeira de Criciúma e dos mineiros nesta segunda-feira, 3. De longe, os fogos anunciavam que a imagem chegava depois de percorrer quilômetros desde a Mina de Visitação Octávio Fontana, no Bairro Naspolini, onde fiéis se reuniram para a oração do terço até a Paróquia que homenageia a santa morta pelo próprio pai por não renegar a fé cristã.

Cintia Benedet é junto do marido Mauricio Vitória uma das festeiras de 2018. Ela, que mora no Bairro Santa Bárbara, participa a sete anos das festividades. “Esta é uma forma de devoção e de eu estar mais perto de Deus. Eu e meu esposo já participamos do Conselho de Assuntos Econômicos Paroquiais (Caep) e neste anos somos festeiros junto de outros muitos casais”, afirma Cintia.

Além da missa celebrada ontem, o ponto alto da festa ocorre hoje, dia da Santa. Uma missa festiva será presidida pelo Bispo da Diocese de Criciúma Dom Jacinto Inacio Flach.  O pároco Wilson Buss lembra-se tradição da festa, que reaviva não só a fé, mas a história da cidade “Mesmo que não a mineração não esteja mais tão presente como em anos passados, faz parte da história e da vida de Criciúma e região. É um momento também de reavivar a memória histórica”, pontua o padre.

Neste ano, a festividade tem como tema “Caminha na presença de Deus e sê íntegro” (Gn 17,1). “O tema está ligado à exortação apostólica do Papa Francisco sobre o chamado à santidade no mundo atual (Gaudete et exsultate), que lembra que todos que vivem o seguimento a Jesus Cristo, trilham o caminho da santidade. Somos todos chamados a viver este caminho. E Santa Bárbara nos inspira à fidelidade ao amor a Cristo. Por isso, rezaremos para que ela interceda por todo o povo que irá celebrar esta festa”, acrescenta Buss.

Além da programação religiosa, os fies também podem aproveitar as barraquinhas no pátio da igreja que vendem bebidas e comidas. No salão há também venda de almoço com churrasco.

Confira a programação de terça-feira

Dia da Festa – 04 de dezembro

08h: Missa

10h: Missa festiva presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach

12h: Almoço

15h: Missa da gratidão a todos os colaboradores e anúncio dos novos festeiros (logo após, serviço de café e sorteio da ação entre amigos)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.