Criciúma: como transformar uma ideia em dinheiro

Projeto da Satc é uma das etapas da Plataforma 2030 e dará ferramentas a inciativas criativas

- PUBLICIDADE -

A Satc lançou mais uma etapa da Plataforma 2030 para os interessados em tornar ideias criativas em negócios rentáveis. As inscrições para a pré-incubadora da instituição estão abertas. O projeto é caracterizado por um espaço de trabalho colaborativo com foco na resolução de problemas que priorizem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A intenção da Satc é fomentar um ecossistema de inovação em toda a região de forma pioneira. Nesta primeira etapa, os interessados devem se inscrever para uma pré-seleção que será realizada em março de 2019. Os selecionados participarão de treinamentos, workshops e eventos voltados a uma cultura do empreendedorismo criativo.

- PUBLICIDADE -

“Não é treinar pensando em abrir um negócio, mas pensar diferente, seja para algo novo ou para processos diferenciados. A nossa ideia é dar subsídio a estas ideias e incentivar esta cultura de inovação”, argumenta o coordenador geral da Faculdade Satc, Jovani Castelan.

A Plataforma 2030 é um projeto de capacitação e desenvolvimento de uma cultura empreendedora em toda a região. A pré-incubadora é uma das fases da iniciativa, onde comunidade, alunos e colaboradores da Satc terão a chance de conhecer o passo a passo da inovação. Num segundo momento será criada a incubadora, onde CPFs vão transformar-se em CNPJs, ou seja, ideias em negócios. E a terceira etapa, o Link Lab, será o momento de conectar grandes investidores com as startups criadas.

“Quando uma empresa cresce muito, ela vai para o Vale do Silício para participar deste ecossistema de inovação, para estar e aprender com os grandes, com quem já deu certo. Por isso a necessidade de fomentar, dar suporte e ferramentas para quem tem ideias criativas e poder transforma-las”, destacou um dos coordenadores do projeto, Gustavo dos Santos De Luca.

O projeto de Empreendedorismo Criativo é uma parceria entre Satc, Centro Sapiens e Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.