Arraial solidário beneficia quatro entidades

Concurso de quadrilha premiará com até R$ 500 as melhores danças. Inscrições estão abertas e podem ser realizadas na FCC

- PUBLICIDADE -

Em época de Festas Juninas, a Fundação Cultural de Criciúma (FCC) em parceria com instituições beneficentes do município, realiza um arraial solidário na Praça Nereu Ramos. O evento será realizado nessa sexta-feira, das 13h às 18h e sábado, 7, das 9h às 17h.

Quatro entidades serão beneficiadas com a iniciativa. São elas, a Casa Guido, o Instituto Diominicio Freitas, a Casa de Apoio a Pessoas com Câncer Maria Tereza e Associação Unidos Contra o Câncer.

- PUBLICIDADE -

“Ações como essa são muito importantes, porque além de ajudar com as despesas da Casa, também divulgam o nosso trabalho. Muitas pessoas não sabem, por exemplo, que atendemos pacientes com câncer de baixa renda de toda região Sul”, afirma a psicóloga da Casa de Apoio a pessoas com câncer Maria Tereza, Luciana Della Giustina Stang.

No espaço, os visitantes encontram guloseimas típicas de festas juninas como maça do amor, quentão, cachorro quente e pinhão. Os preços dos quitutes variam de R$ 2 a R$ 5. “Todo esse dinheiro será revertido para manutenção da nossa casa. Já arrecadamos em média R$ 200”, afirmou a secretária da Associação Unidos Contra o Câncer, Cláudia Motta.

As escolas e outras instituições do município participarão no sábado de um concurso de quadrilhas. Os vencedores do primeiro lugar concorrem a R$ 500, o segundo R$ 300 e o terceiro R$ 200. Os interessados em participar podem realizar a inscrição na FCC, até sábado.

O presidente da Fundação Cultural de Criciúma (FCC), Sergio Zappelini, o evento é uma forma de manter a tradição das festas juninas, além de beneficiar as instituições do município. “Com essa onda de violência e outros problemas que vivenciamos, as pessoas estão deixando de lado pequenas ações que eram comuns antigamente”, comenta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.