Serviço do Saer retorna nesta terça-feira

Após contrato emergencial ser assinado, vice-governador Eduardo Pinho Moreira garante que helicóptero deverá voar, no mais tardar, até o meio-dia

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Um contrato emergencial, assinado pelo Governo do Estado, na tarde de ontem, garantirá o retorno das atividades do Serviço Aeropolicial da Polícia Civil em Criciúma (Saer) para os próximos 60 dias. De acordo com o vice-governador Eduardo Pinho Moreira, o contrato foi assinado com a empresa HeliSul. “Amanhã (hoje), no mais tardar meio-dia o helicóptero vai estar voando”, pontua.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP), durante o período de contrato será realizada uma nova licitação que autoriza o aluguel da aeronave por mais cinco anos. “Então será para os próximos cinco anos. O helicóptero não sairá do Sul”, garante Pinho Moreira. A contratação do serviço havia encerrado no último dia 19 e, desde então o helicóptero estava parado na sede do Saer. “Logo que a empresa assinar o contrato retornaremos as atividades aéreas. Durante este período que a aeronave esteve parada, todo trabalho administrativo, operacional e de segurança organizacional da unidade continuaram”, explica o coordenador em exercício do Saer em Criciúma, delegado Eduardo Senna. O valor do contrato que inclui o aluguel da aeronave, manutenção e seguro é de R$ 150 mil por mês

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.