Roubos diminuem em Maracajá após trabalho da PM em parceria com a comunidade

Redução nestas ocorrências chega a 74% na comparação entre o primeiro semestre de 2016 e 2017

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

Se no último ano a população estava apreensiva com a quantidade de roubos registrados em Maracajá, agora a realidade é diferente. No primeiro semestre deste ano, foram contabilizados quatro roubos, sendo três em postos de combustíveis, durante a noite, e um contra a lotérica, ao final da tarde. No mesmo período do ano passado, havia sido 15 ocorrências, em diversos estabelecimentos da cidade e em vários horários do dia.

Ao perceber a elevação da criminalidade, iniciou um conjunto de ações e contou com a parceria da comunidade. Isso resultou em uma redução de 74% na taxa de roubos na cidade na comparação entre os primeiros semestres de 2016 e 2017.

- PUBLICIDADE -

Conforme o capitão Diego Schwartz, comandante da 1ª companhia do 19º Batalhão de Polícia Militar, entre as ações realizadas foi o aumento do efetivo na cidade, bem como o reforço de operações policiais.

Abordagens e aumento de efetivo

Durante as operações, a Polícia Militar tem se posicionado principalmente nas entradas e saídas do município e efetuando diversas abordagens. “Nestas blitz, já encontramos pessoas com mandados de prisões. Tem sido bastante positivo”, expõe o comandante.

Além disso, com o aumento do efetivo da Polícia Militar, foi possível que a patrulha passasse a ser realizada durante todo o dia. “É um trabalho intenso. Contamos também com o apoio da Polícia Civil, que é nossa parceira e da população, que não tem denunciado as blitz”, aponta Schwartz.

No segundo semestre do último ano, ainda, a cidade deu início à implantação do Conselho de Segurança (Conseg). “A comunidade tem discutido questões para melhorar a segurança e o apoio deles é importante para nós”, comenta.

Apesar de os roubos terem diminuído, Maracajá registrou elevação nos furtos. O número vinha se equiparando com o último ano até junho, quando o mês concentrou a maior quantidade nestas ocorrências. Porém, um trabalho já vem sendo feito pela Polícia Militar, a fim de diminuir a incidência dos furtos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Maracajá

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.