Réu em atentado a ônibus tem audiência marcada

A juíza Débora Driwin Rieger Zanini designou a data da primeira audiência de instrução e julgamento do caso, que deverá ocorrer no dia 31 de maio

Foto: Divulgação/PM
- PUBLICIDADE -

Acusado de incendiar um ônibus, em 1º de fevereiro, no bairro Vida Nova, em Criciúma, será ouvido pelo Poder Judiciário. Ontem, a juíza Débora Driwin Rieger Zanini designou a data da primeira audiência de instrução e julgamento do caso, que deverá ocorrer no dia 31 de maio, às 14 horas.

Nesta data, também, deverão ser ouvidas as testemunhas arroladas tanto pela defesa quanto pela acusação do réu, de 20 anos. Após a realização da audiência, caso todas as pessoas necessárias tenham sido ouvidas, parte-se para a apresentação das alegações finais.

- PUBLICIDADE -

O jovem foi detido dias após ter praticado o atentado, quando deu entrada no Hospital São José com queimaduras pelo corpo. Durante o período das investigações, a Polícia Civil identificou a participação de um menor, de 17 anos. O adolescente mora nas imediações do ataque, faz parte do grupo do jovem preso, tem envolvimento com o tráfico e já foi vítima de tentativa de homicídio. Contudo, em depoimento, ele negou a participação.  A equipe da Divisão de Investigação Criminal chegou a localizar um terceiro suspeito, contudo à época não havia provas suficientes para indiciá-lo.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.