Problemas do Samu é discutido no Legislativo

Em virtude das festas de carnaval, a preocupação aumenta mais, pois a demanda é grande

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Em reunião com o coordenador médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no Sul do Estado, Vanderlei Damin, a Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Criciúma levantou a preocupação em relação ao atendimento, que passa por dificuldades na cidade.

- PUBLICIDADE -

O veículo que faz suporte avançado de atendimento, a UTI Móvel, está com problemas mecânicos. “Viemos acompanhando pelas mídias e algumas reclamações que chegaram até nós. Chamamos o coordenador para passar o que está ocorrendo”, disse o presidente da Comissão, vereador Tita Beloli.

O próximo passo é entrar em contato com deputados e demais autoridades para resolver esses problemas para colocar mais viaturas ao atendimento da população de Criciúma. Uma reunião está agendada para o dia 10 de março.

O coordenador do SAMU salienta que a equipe está preparada e aguarda o veículo para trabalhar. Ele enfatizou ainda que, em virtude das festas de carnaval, a preocupação aumenta mais, pois a demanda é grande. “O equipamento está com problemas mecânicos. Teve pane elétrica e estamos verificando. Todo o sistema elétrico terá que ser trocado e aguardamos liberação do seguro para fazer o serviço”, comenta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.