Polícia indicia proprietária de Asilo

Investigação é concluída e remetida ao Fórum. Delegado pede que melhorias sejam feitas no local.

Angelica Brunatto
- PUBLICIDADE -

O delegado responsável pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), Fernando Possamai, terminou as investigações acerca de maus-tratos registrados em um asilo, em Criciúma. O inquérito foi remetido ao Fórum e a proprietária foi indiciada pelos crimes de maus tratos, retenção de cartão magnético e apropriação indébita. “Agora nós esperamos a manifestação do Judiciário”, expõe o delegado.

Na última semana, os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão no local e colheram o depoimento da proprietária. Na ação, os policiais civis flagraram diversas irregularidades, como a falta de cuidados com a forma de utilização dos cartões de aposentadoria dos idosos, mau acondicionamento dos alimentos e maus tratos.

- PUBLICIDADE -

A denúncia foi realizada pela Vigilância Sanitária ao Ministério Público e à Polícia Civil. “Sugeri também alguns pedidos para arrumar o local. Estamos aguardando a manifestação”, comenta o delegado.

 

  • Matéria completa na edição desta terça-feira do Diário de Notícias
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto 
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.