Polícia Civil indicia mandante de latrocínio

Homem, de 38 anos, é também réu em processo envolvendo roubo a delegado aposentado

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O mandante do latrocínio de Paulo Daniel Sebastião Brasil, assassinado a tiros, no bairro Cidade Mineira, em Criciúma, em setembro do último ano, foi indiciado pela Polícia Civil. O jovem foi a óbito após reagir ao roubo do veículo.

À época, a Polícia Civil esclareceu que o crime foi praticado por dois adolescentes, de 16 e 17 anos. Ambos também estão envolvidos no assalto contra um delegado aposentado. Na noite do crime contra o policial civil, a Divisão de Investigação Criminal (DIC) recuperou o carro, que estava escondido na casa de um home, de 28 anos, no bairro Tereza Cristina.

- PUBLICIDADE -

No local, os policiais também apreenderam um revólver calibre 32, utilizado no assalto, além de uma mochila com dinheiro, drogas, uma pistola calibre 380 municiada e um rádio comunicador copiando a frequência da Polícia Militar.

Conforme os laudos periciais do Instituto Geral de Perícias (IGP), o latrocínio de Daniel foi cometido com uma pistola 380, encontrada na casa. “Desta forma, foi confirmada a linha investigativa seguida à época dos fatos, que o apontava como o mandante do roubo do carro, que resultou no latrocínio”, aponta o delegado André Milanese. O homem é indiciado por latrocínio consumado e está preso preventivamente desde setembro, em razão da
apreensão do veículo roubado, da arma e da droga encontrada em sua casa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.