Mulher mata esposo ao se defender de agressões

Segundo ela, o marido chegou bêbado em casa e começou a agrediu o sogro. Ao tentar defender o pai que já estava desmaiado devido as agressões, o mesmo começou a agredi-la. Para se defender ela pegou uma faca e o golpeou com cinco facadas.

- PUBLICIDADE -

Ricardo Maciel de 36 anos morreu esfaqueado na tarde deste sábado, dia 29, por sua esposa L.C.A.M., 46 anos. A acusada relata legítima defesa. O crime aconteceu por volta das 16h50min, no bairro Operaria, em Araranguá.

Segundo relatos da mulher a Polícia Militar, seu esposo ao chegar bêbado de carro em casa, atropelou uma galinha. Vendo o ocorrido, o sogro de 71 anos comentou a ele que no lugar da ave poderia ser uma criança. Maciel começou a xingar o idoso que foi para dentro de sua casa, que fica no mesmo terreno, e sentou na cama. Maciel foi atrás e partiu para cima do sogro com socos na cabeça e rosto.

- PUBLICIDADE -

Ao tentar defender o pai que já estava desmaiado devido as agressões, o mesmo começou a agredi-la. Para se defender, ela pegou uma faca que estava em cima da pia e o golpeou com aproximadamente cinco facadas, sendo uma no tórax, três no obdomen e uma na região lombar. Maciel ainda caminhou para rua, mas veio a óbito caído no chão.

Ela acionou a Polícia Militar relatando os fatos, sendo logo em seguida conduzida à Delegacia, juntamente com a faca do crime apreendida.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Araranguá

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.