Envolvido em ataque contra ônibus em Criciúma é condenado pela Justiça

Somadas, penas chegam a sete anos de reclusão

- PUBLICIDADE -

O envolvido no ataque contra um ônibus do transporte coletivo de Criciúma, registrado em fevereiro deste ano, foi condenado pela juíza Débora Driwin Rieger Zanini, responsável pela 2ª Vara Criminal. Somadas, as penas do jovem, de 20 anos, chegam a sete anos de reclusão.

Pelo crime de incêndio, ele deverá ficar quatro anos detido, inicialmente em regime fechado, além de ser condenado ao pagamento de multa. Além disso, a magistrada soma mais dois anos de reclusão, em regime inicial semiaberto, pelo porte ilegal de arma de fogo. Por ter cometido o crime na companhia de um menor, foi acrescentado mais um ano de reclusão, também em regime semiaberto.

- PUBLICIDADE -

Leia Mais: Polícia Civil indicia envolvido em atentado contra ônibus

A magistrada ainda negou-lhe o direito de recorrer em liberdade. “O que faço com fundamento na garantia da ordem pública, haja vista a gravidade do crime e sua repercussão no meio social a”, expõe na sentença.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.