Atividades aéreas do Saer retornam esta semana

Contrato emergencial do Governo do Estado carece somente da assinatura da empresa locatária da aeronave, prevista para ocorrer nesta terça-feira

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Francis Leny

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Um contrato emergencial, assinado pelo Governo do Estado, na tarde desta segunda-feira, dia 25, garantirá o retorno das atividades aéreas do Serviço Aeropolicial da Polícia Civil em Criciúma (Saer) para os próximos 60 dias. Mas, para que os sobrevoos voltem, efetivamente, a ser feitos é necessária ainda a assinatura da empresa locatária, prevista para ocorrer nesta terça-feira.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP), durante o período de contrato será realizada uma nova licitação que autoriza o aluguel da aeronave por mais cinco anos. A contratação do serviço havia encerrado no último dia 19 e, desde esta dada, o helicóptero estava parado na sede do Saer, impedido de prestar atendimento.

“Logo que a empresa assinar o contrato, retornaremos as atividades aéreas. Acredito que isso ocorra até no máximo quarta-feira dia 27. Durante este período que a aeronave esteve parada, todo trabalho administrativo, operacional e de segurança organizacional da unidade continuaram”, explica o coordenador em exercício do Saer em Criciúma, delegado Eduardo Senna. O valor do contrato que inclui o aluguel da aeronave, manutenção e seguro é de R$ 150 mil por mês.

 

Matéria completa na edição impressa desta terça-feira, no Diário de Notícias

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.