Adolescentes confessam autoria de homicídio registrado em Criciúma

Segundo os infratores, a morte teria ocorrido, pois a vítima teria furtado drogas do ponto onde os menores atuavam.

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Dois adolescentes são apontados como os autores do último homicídio registrado em Criciúma. Conforme a Divisão de Investigação Criminal (DIC), o assassinato ocorreu em um ponto de venda de drogas, no bairro Santo André. A vítima, de 24 anos, foi atingida por três disparos de arma de fogo na cabeça e o corpo foi deixado queimado no bairro Montevidéu.

Durante a última semana, policiais diligenciaram o bairro checando as denúncias recebidas e encontraram marcas de sangue e um projétil no local do crime. Em função dos trabalhos da Polícia Civil, os menores, de 16 e 17 anos, apresentaram-se na delegacia e confessaram o crime. De acordo com o delegado André Milanese, responsável pela DIC, os adolescentes contaram detalhes sobre o fato, que coincidem com as provas colhidas.

- PUBLICIDADE -

Segundo os infratores, a morte teria ocorrido, pois a vítima teria furtado drogas do ponto onde os menores atuavam. Eles ainda confessaram a localização da arma utilizada no crime. O revólver calibre 32, que confere com os projéteis retirados da vítima, estava escondido nos fundos do Centro Comunitário do bairro Santo André.

Os menores possuem passagens por tráfico e foram liberados após a tomada de depoimento. Uma cópia do inquérito foi encaminhada à Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI). A DIC continuará a investigação a fim de apurar o possível envolvimento de um maio no homicídio.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.