Via Rápida: secretário de Estado cobra celeridade

Vistoria, com a presença da Celesc, Deinfra e Prosul, encaminha compromissos para fim de entraves até abril

Foto: Divulgação/DN
- PUBLICIDADE -
Bruna Borges
Criciúma
 
O secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro (PMDB), vistoriou nesta sexta-feira,17, as obras da Via Rápida – que vai ligar o centro de Criciúma com a BR-101 – acompanhado do secretário-executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma (ADR), João Fabris (PSDB), e de representantes da Celesc, do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e da Prosul, empresa que faz a fiscalização.
Do encontro, a Celesc ficou com o compromisso de retirar toda a rede elétrica que está impedindo o andamento da obra na altura da Colmeia Industrial até final do mês.
A casa que interrompia a via por falta de pagamento da desapropriação já está no chão, segundo Fabris. “A Prosul vai fazer um levantamento do que ainda há de entrave até terça-feira, para que seja levado ao governador. Acreditamos que até abril todas as indenizações a terrenos estarão resolvidas para que a Via Rápida possa ser inaugurada no final de dezembro”, explica o secretário-executivo.
Investimento total é de R$ 100 milhões.
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.