Vereadores arquivam projeto referente à Afasc

Comissão de Justiça e Cidadania fez parecer de ilegalidade e inconstitucionalidade

- PUBLICIDADE -

O parecer de ilegalidade e inconstitucionalidade feito pela Comissão de Justiça e Cidadania ao projeto que mudaria artigos de Lei Municipal relativa à Associação Feminina de Assistência Social (Afasc) foi acatado pela maioria dos vereadores de Criciúma. Com dez fotos a favor do parecer, o projeto de lei foi arquivado.

Conforme o vereador Júlio Kaminski, integrante da comissão de Justiça e Cidadania, o texto alteraria o artigo 5º da Lei 6473, em vigor no município desde 2014. Dessa forma deixaria opcional a realização de chamamento público para a contratação de serviços. “Isso causaria uma insegurança jurídica nos contratos”, expõe.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.