Vereador quer saber onde está monumento desparecido há dois anos

Placa de homenagem aos colonizadores italianos que ficava na Praça Nereu Ramos

Foto: Divulgação/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

 

- PUBLICIDADE -

O vereador de Criciúma, Ademir Honorato (PMDB), quer saber da Prefeitura o que aconteceu com a placa de homenagem aos colonizadores italianos que ficava na Praça Nereu Ramos e que desapareceu há mais de dois anos. O monumento de concreto foi inaugurado em 1980, ano do centenário de Criciúma. “Este é o único monumento que identifica as 22 famílias colonizadoras do nosso Município e merece a atenção do Poder Público na preservação. Requeiro resposta urgente, pois providências são necessárias, tais como a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), juntamente com a Fundação Cultural de Criciúma (FCC), construírem um canteiro em volta dos marcos, impedindo a colocação de cartazes e lixos, como ocorre hoje”, escreveu, no requerimento.

Caso a placa não seja encontrada, Honorato pergunta se existe a possibilidade de uma reinauguração, com colocação de uma nova (placa), e a presença dos representantes das famílias, “o que seria extremamente interessante para a preservação da história de nossa cidade”, argumentou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.