- PUBLICIDADE -

Lauro Müller

Com o objetivo de buscar melhor qualidade na execução das obras de instalação da rede de esgoto sanitário no município de Lauro Müller, o prefeito Valdir Fontanella se reuniu na tarde desta terça-feira, dia 31, com representantes da Casan e da empresa Associados, responsável pela execução do projeto.

- PUBLICIDADE -

O encontro aconteceu na sala de reuniões do gabinete do prefeito, onde esteve presente o superintendente da Regional Sul da Casan, Vilmar Tadeu Bonetti, a engenheira responsável pela obra, Kétlen Curvello, o engenheiro fiscal da Casan, Ulriko Czajkowski, além de outros técnicos e pessoas ligadas a obra.

O prefeito Valdir iniciou sua fala afirmando não concordar com a forma que o projeto vem sendo executado no município, e que inúmeros problemas já têm sido identificados neste início dos trabalhos. “São R$ 16 milhões investidos com dinheiro público nesta obra. Recurso certamente vindo dos impostos pagos com muito sacrifício por todos nós. Não posso aceitar que nossa população tenha uma obra assim mal feita, defronte as suas casas. Quero que a empresa responsável tenha mais carinho por nossa cidade e faço um trabalho diferenciado”, destacou Fontanella.

A solicitação do prefeito é para que o serviço executado até então, nos Bairro Sumaré e Içarense, sejam refeitos. Entre os problemas apresentados pelo prefeito estão os cortes do asfalto irregulares e falhas na compactação que tem provocado infiltração de água e consequentemente a erosão da via.

Diante da reivindicação apresentada pelo líder do Executivo lauromüllense, o superintendente da Regional Sul da Casan assumiu o compromisso de, juntamente com representantes da empresa responsável pela obra e engenheiro do município, vistoriar todo trecho já executado para traçar o que poderá ser feito.

“A Casan sempre dará total atenção a Prefeitura Municipal, se o prefeito não estiver satisfeito, nós da Casan também não estaremos. E é por isso que estamos aqui, para ver in loco o que está acontecendo e cobrarmos as mudanças necessárias”, afirmou Bonetti.

Uma reunião para tratar novamente o assunto ficou agendada para o dia 14 de fevereiro, às 14 horas. Neste encontro será apresentado o levantamento feito pelos engenheiros no trecho da obra em execução.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.