PP de Criciúma faz posse festiva da Executiva sábado, dia 29

Itamar da Silva será homologado presidente, com Miri Dagostin de vice e Renato Valvassori secretário

Da esquerda para a direita: Miri Dagostin, Itamar da Silva e Renato Valvassori. (Foto: Lucas Colombo/DN)
- PUBLICIDADE -

Bruna Borges

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Reformulada desde junho, a nova Executiva do PP de Criciúma terá a posse festiva dos membros no próximo sábado, dia 29, às 11h, na Sociedade Recreativa Esportiva do Morro Estevão (Soreme). O encontro também dá a largada do partido com vistas às Eleições 2018, pois trará a Criciúma lideranças como os deputados federais Esperidião Amin e Jorge Boeira, os deputados estaduais da sigla, como o presidente da Assembleia Legislativa (Alesc), Silvio Dreveck, além de prefeitos e presidentes municipais da sigla na Região Carbonífera. “Convidamos os membros do Diretório do PP de Criciúma, conselheiros e simpatizantes do partido. Será uma posse prestigiadíssima”, enfatiza o ex-vereador Itamar da Silva, que será empossado oficialmente presidente do PP criciumense. Estão ao lado de Itamar o vereador Miri Dagostin de vice-presidente e o ex-candidato a vereador Renato Valvassori de secretário. O vereador Daniel Freitas é o líder de bancada na Câmara.

“Ninguém vai sair”, garante Itamar sobre Márcio Búrigo e Daniel Freitas

Além da Executiva, também tomarão posse os membros do Diretório. “Formamos um Diretório com bastante representatividade dos bairros, com pessoas como os suplentes de vereador Edson Luiz do Nascimento, o Paiol, e Adriano Osellame”, lista Itamar, que tem como meta fortalecer o partido. “Vim para ajudar. Não serei mais candidato a nada, então, posso me focar exclusivamente ao partido”, complementa o novo presidente.

O vereador Miri Dagostin confirma o empenho. “Em quatro anos não tivemos tantas reuniões como estamos tendo em um mês”, observa.

Já no início do comando, Itamar precisou lidar com a iminência de saída do partido pelo ex-prefeito Márcio Búrigo e pelo vereador Daniel Freitas, que receberam convites de outras siglas. “Mas, ninguém vai sair”, confirma o presidente, dizendo que o assunto foi tratado com cuidado. “Conversamos com eles e mostramos que ‘não é bem assim’ para sair do partido em véspera de eleição. No caso do Daniel, articulamos uma reunião com Esperidião Amin, que é presidente estadual do PP. Mostramos para ele que estava iludido. Iria perder o mandato de vereador”, comenta Itamar.

Planos para Daniel Freitas

Entre os objetivos de Itamar da Silva está ainda a reativação do PP Mulher e do PP Jovem. “Temos que oxigenar a política”, frisa.

Considerado da juventude, o vereador Daniel Freitas é a aposta do partido tanto como possível candidato a deputado estadual em 2018, quanto a prefeito em 2020. “Não vamos vetar o nome de ninguém. Se o Daniel quiser, ele poderá ser candidato a deputado estadual. Ele também é a nossa reserva para 2020. É o candidato a prefeito em potencial. Representa o novo, tem um bom discurso, tem sobrenome, enfim, tem tudo que um político gostaria de ter”, elogia.

Para Márcio Búrigo, dependerá do espaço

Questionado sobre o destino político do ex-prefeito Márcio Búrigo, Itamar comenta que Márcio tem interesse na candidatura a deputado federal, desde que Jorge Boeira não seja candidato à reeleição, o que não deverá acontecer. “O Boeira é uma reserva do partido também para candidato a vice-governador junto com o PSDB. Se isto acontecer, abre a chance para o Márcio”, avalia.

Oportunidade aos suplentes

Coligado com o PP nas proporcionais nas últimas eleições, o PMDB tem buscado diálogo com o comando progressista para dar oportunidade aos suplentes assumirem no Legislativo. “Devemos fazer isso. É bom para os suplentes, pois dá mais empolgação a eles”, fala Itamar, lembrando que Angela Mello (PMDB) e Vanderlei Zilli (PMDB) podem abrir mão.

Eleição da Executiva estadual

No próximo mês as atenções dos progressistas estarão na eleição da Executiva Estadual do partido, que acontecerá no dia 21. Nos bastidores, diz-se que o atual presidente, Esperidião Amin, terá que disputar o cargo com o deputado Silvio Dreveck. “Nunca deu duas chapas. Eles sempre acabam se acertando”, acredita Itamar, apostando na reeleição de Amin.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.