“Não comprei o silêncio de ninguém. Não renunciarei”, diz Temer

A manifestação do presidente se deu devido a delação do empresário Joesley Batista, da JBS, que revelou que o gravou dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha

- PUBLICIDADE -

Em pronunciamento realizado na tarde desta quinta-feira, 18, o presidente da República, Michel Temer (PMDB) disse que não renunciará ao cargo. “Em nenhum momento comprei o silêncio de ninguém. Não temo nenhuma delação e não renunciarei”, salienta.

A manifestação do presidente se deu devido a delação do empresário Joesley Batista. da JBS, que revelou que o gravou dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), depois que ele foi preso na operação Lava Jato. “Não preciso de cargo público e nem de foro especial. Sempre honrei o meu nome e demonstrarei ao Supremo não ter relação com estes fatos”, completa.

- PUBLICIDADE -

 

 

 

 

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Brasília

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.