Transporte Coletivo poderá sofrer alterações nesta sexta-feira. Foto: Jhulian Pereira
- PUBLICIDADE -

Giovane Marcelino / Especial
Criciúma

 

- PUBLICIDADE -

Sexta-feira é dia de mobilizações em todo o Brasil. Marcada há algum tempo, a Greve Geral será realizada por conta da série de reformas propostas pelo governo nos últimos meses. Por conta disto, sindicatos de diferentes segmentos da região pretendem se reunir em Criciúma amanhã cedo, por volta das 8h, para começar a manifestação contra essas decisões.

Mas para isso, alguns setores sofrerão alteração no funcionamento. Um destes será o transporte coletivo. De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoristas, Clésio Fernandes, o Buba, a categoria aprovou a participação no ato durante uma assembléia e irá apoiar o movimento. “Já imaginou um motorista dirigindo até os 70 anos de idade? É um absurdo. Estaremos lá apoiando a greve”, falou.

A decisão do sindicato não agradou a Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU) que em nota, afirmou que irá buscar judicialmente para que a frota mínima seja colocada nas ruas. A empresa também pede para que o sindicato não faça bloqueios nas garagens das empresas de ônibus. A decisão de paralisação ou não do transporte coletivo de Criciúma deve ser apresentada até o fim da tarde de hoje.

 

Ato seguirá até à Praça Nereu Ramos

Diferentes grupos já estão na mobilização para a greve geral. Em Criciúma, o ponto de encontro será no terminal de ônibus do bairro Pinheirinho, onde lá, o grupo presente segue caminhada até o centro da cidade, mais precisamente, na Praça Nereu Ramos para o protesto.

O Sindicato dos Servidores Públicos de Criciúma, dos Policiais Civis, Trabalhadores em Educação, Metalúrgicos, Saúde e os Correios são alguns dos grupos que já confirmaram presença no ato. Nas instituições de ensino do bairro Universitário, como Satc e Unesc, as aulas estão confirmadas até segunda ordem.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.