Fabio Brezola se desfilia do PT

Ex-candidato a prefeito de Criciúma encaminha filiação no PSB

Foto: Stella Mendes/Arquivo/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O ex-candidato a prefeito de Criciúma, Fabio Brezola comunicou via redes sociais na tarde desta quinta-feira, 28, que deixou o Partido dos Trabalhadores (PT).

- PUBLICIDADE -

Brezola apareceu no cenário político criciumense em 2008, quando disputou eleição à Prefeitura de Criciúma como vice de Décio Góes (PT). Naquele ano, foi indicado do PDT em substituição ao ex-vice-prefeito Gelson Fernandes. Posteriormente, foi para o PT. Em 2013, participou da Eleição Suplementar como candidato a prefeito. Nas eleições municipais do ano passado, foi novamente candidato a prefeito, tendo como candidato a vice João Carlos Mazzini Juliano, o Dr. Juliano.

Agora, Brezola encaminha filiação no PSB, que tem como líder na região o deputado estadual Cleiton Salvaro.

Veja comunicado na íntegra:

Depois de refletir muito e com o apoio da minha família e pessoas próximas, decidi que era hora de definir meu futuro político. Vocês me acompanham pelas redes sociais e também nos encontramos pessoalmente pela região e sabem o quanto eu prezo pelas boas relações, sejam políticas, pessoais ou de trabalho. Sendo assim, comunico que não sou mais filiado ao Partido dos Trabalhadores ao qual aproveito para agradecer por toda história que construímos juntos em Criciúma. O PT me possibilitou participar da disputa de três eleições municipais e, dentro das minhas possibilidades, fiz sempre o melhor que pude. Sou grato a todas as lideranças que me apoiaram e caminharam juntos comigo. Com a sensação de dever cumprido, seguimos em frente. Conto com o apoio de todos vocês e permaneço sempre aberto para o debate e para as sugestões que possam surgir. Os próximos passos vocês poderão acompanhar aqui nas nossas redes sociais.

Um forte abraço a todos e #ContaComigo!

Fabio Brezola

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.