Câmara de Cocal do Sul destina recursos para compra de ambulância

Economias dos primeiros seis meses de mandato serão destinadas à Saúde

Luiz Henrique Bittencourt, presidente da Câmara de Cocal do Sul. (Foto: Divulgação/DN)
- PUBLICIDADE -

Cocal do Sul

O presidente da Câmara de Cocal do Sul, Luiz Henrique Bittencourt (PP), divulgou durante a sessão desta semana o destino das sobras decorrentes dos seis primeiros meses de mandato do Legislativo sul-cocalense. De acordo com Bittencourt, o montante é de quase R$ 300 mil e será totalmente destinados ao setor de Saúde pública do município, com a compra de uma nova ambulância e também no custeio de exames e consultas daqueles que hoje se encontram na fila de espera. “Conversei há alguns dias com o nosso prefeito Ademir, com a vice Aninha e também com a secretária de Saúde Sinara e vimos a urgente necessidade da compra de um novo veículo para o socorro e transporte dos necessitados. Hoje Cocal do Sul conta apenas com uma ambulância e número de atendimentos são numerosos. A questão dos exames e consultas também nos preocupa. A demanda aumenta a cada mês e o SUS não está dando conta”, explica o vereador.

- PUBLICIDADE -

Nas próximas semanas, Henrique cuidará, com o Executivo, dos tramites legais para a transferência de recursos provenientes dessas sobras. “Passei a ideia a todos os vereadores e a aprovação foi unanime. Aproveito para agradecer a eles pelo apoio e também pelas economias feitas nestes primeiros seis meses”, destacou.

Balanço

O presidente também aproveitou a sessão para fazer um balanço das atividades realizadas pelo Legislativo sul-cocalense nestes primeiros seis meses. Foram aprovadas 117 indicações (um recorde), 26 requerimentos, 37 projetos do executivo, 12 projetos de lei complementar e 5 projetos do legislativo. Agora, nas próximas duas semanas o Legislativo entra em recesso e só volta no dia 1º de agosto. Recesso este que deve ser o último, já que tramita na Câmara um projeto de autoria dos vereadores Henrique Bittencourt (PP), Marcel Freitas (PSDB) e Alekssandro Zanette (PT), que prevê o fim do recesso parlamentar no meio do ano.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.