Administração de Criciúma faz balanço das contas de 2016

Coletiva de imprensa será realizada na CDL. As dívidas totalizam mais de R$ 110 milhões

Foto: Bruna Borges/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, juntamente com sua equipe de governo, participa nesta segunda-feira (6), na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), às 16h, de uma entrevista coletiva com a imprensa e entidades públicas. Será anunciado o balanço, os números e a dívida que a prefeitura municipal de Criciúma acumulou no ano de 2016, totalizando aproximadamente mais de 110 milhões de reais. “Em razão do princípio da transparência, nós estamos mostrando os valores devidos que nós assumimos e também mostrando para a sociedade e para os fornecedores o que a gestão passada deixou de dívidas para a atual gestão. Todos os números estão no site da transparência, os empenhos as despesas para que o cidadão tenha conhecimento do que se passa na administração municipal”, explica o secretario da fazenda, Robson Gotuzzo.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o secretario, hoje a prefeitura de Criciúma deve aproximadamente 110 milhões de reais. “Desse valor já pagamos aproximadamente 20 milhões, como a folha de pagamento de dezembro que estava atrasada, no valor de 13 milhões, 3 milhões para o Hospital São José, entre outras valores que eram de extrema importância a serem pagos para o funcionamento da máquina pública”, diz Gotuzzo.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro explica que esclarecer os números é prestar conta ao cidadão. “A nossa cidade passa por uma profunda crise financeira. Quando assumimos em janeiro, encontramos uma prefeitura em frangalhos, beirando ao caos, prestes a uma calamidade financeira. O restaurante popular, é um exemplo. Com sete meses de aluguel atrasado, não possuía nenhuma aporte ou convênio federal e um déficit de 50 mil reais mensalmente. Não tinha como manter as portas abertas. Foi criado única e exclusivamente com cunho eleitoral”, explica o prefeito Clésio Salvaro.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.