Temporal passa no Sul do Estado sem deixar estragos

Ocorrências são registradas apenas em outras regiões de Santa Catarina, sendo Florianópolis, Itajaí, Blumenau e Videira as cidades mais atingidas

Há registros de árvores e fiação elétrica caídas sobre residências no norte da Capital. (Foto: Divulgação Celesc/Especial/DN)
- PUBLICIDADE -

Bruna Borges

Criciúma/Araranguá

- PUBLICIDADE -

O temporal que atingiu Santa Catarina e Rio Grande do Sul neste domingo, 12, com chuva, raio, ventos fortes e granizo, não ocasionou grandes estragos no Sul catarinense. De acordo com o coordenador Regional da Defesa Civil em Araranguá, Sebastião Antonio de Souza, o órgão não recebeu chamados.

Pela manhã, a Defesa Civil emitiu alerta via SMS dando conta de possível vendaval e granizo em Araranguá, para que a população ficasse longe de postes e árvores. “Araranguá teve o alerta do projeto piloto [desenvolvido pela Secretaria de Estado da Defesa Civil]. O alerta se confirmou, mas não recebi solicitações da população”, explica Souza.

Em outras regiões, muitos estragos

Já nas regiões de Florianópolis, Itajaí, Blumenau e Videira a situação foi mais crítica. Mais de 120 mil unidades ficaram sem energia elétrica. Equipes de emergência da Celesc estão mobilizadas atendendo às ocorrências, principalmente ocasionadas pelo temporal de granizo.

Na Grande Florianópolis, os problemas estão na região de Biguaçu e norte da Ilha, onde há registros de árvores e fiação elétrica caídas sobre residências. Alimentadores abertos impedem o tráfego da energia.

Devido ao tamanho e quantidade de estragos, os trabalhos acontecem em parceria com o Corpo de Bombeiros.

Foto: Divulgação Celesc/Especial/DN
Foto: Divulgação Celesc/Especial/DN
Foto: Divulgação Celesc/Especial/DN
Foto: Divulgação Celesc/Especial/DN
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.