Tartaruga marinha é resgatada da Praça

Animal estava no lago da Praça do Congresso, em Criciúma. Técnicos da Famcri, Projeto Tamar e biólogos da Unesc participaram da operação

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

Suelen Bongiolo
Criciúma

Após aproximadamente sete horas de trabalho, foi concluído o resgate de uma tartaruga marinha que estava no lago da Praça do Congresso, em Criciúma. Uma verdadeira força-tarefa foi montada no local, contando com a ação de técnicos da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), Projeto Tamar (de Florianópolis) e biólogos da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

- PUBLICIDADE -

Utilizando redes, tarrafas e contenções de lonas, os profissionais conseguiram fazer o cerco e captura do animal. Conhecida como “tartaruga verde”, ela vive exclusivamente em água salgada e é considerada uma espécie em extinção. A Famcri ainda não sabe o motivo de a tartaruga ter sido deixada no local.

De acordo com os técnicos do Projeto Tamar, a tartaruga resgatada possui entre 30 e 40 centímetros e é um animal “juvenil”. Ela será levada a Florianópolis, onde passará por avaliação do estado de saúde. Posteriormente, será devolvida ao mar.

Foto: Famcri

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.