Santa Catarina possui 100% das cidades, com menos de 50 mil habitantes, com Planos de Saneamento Básico

A conquista se dá por meio de um convênio assinado em junho de 2014 entre a Unesc e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa)

- PUBLICIDADE -

Santa Catarina é o primeiro estado com 100% dos municípios com população inferior a 50 mil habitantes a ter Planos de Saneamento Básico elaborados. A conquista se deu por meio de um convênio assinado em junho de 2014 entre a Unesc e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Os projetos, realizados por meio do Instituto de Pesquisa Ambientais e Tecnológicas (IPAT), do (Parque Científico e Tecnológico da Unesc (Iparque), contempla os municípios de Araquari, Maravilha, Balneário Rincão, Campo Alegre, Garuva, Governador Celso Ramos, Imaruí, Macieira, Pescaria Brava, Saltinho, Sangão, Santa Cecília e Vargem Bonita.

- PUBLICIDADE -

Para a realização dos Planos o IPAT contou com uma equipe de 40 profissionais, incluindo engenheiros civis, químicos, ambientais e agrimensores, geólogos, geógrafos, arquitetos, biólogos, economistas, advogados, estatísticos, assistentes sociais, secretárias executivas, desenhistas e estagiários de diferentes cursos da Universidade.

Trabalho continua

O plano define as metas e estratégias de governo para os próximos vinte anos, com a perspectiva de universalização do acesso aos serviços de saneamento básico como direito social, contemplando os componentes de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos, de drenagens e águas pluviais urbanas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.