Pastoral da Criança de Vila Nova comemora 30 anos

O evento conta com o lançamento de um livro que conta a história dos 30 anos da entidade

A autora do livro Anair Calegari. Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Na tarde de domingo, 27, a Paróquia São Miguel Arcanjo, em Vila Nova, Içara, viverá um momento muito especial. Às 15h, se dará o lançamento do livro “30 anos de amor à vida: Pastoral da Criança – Memórias da Paróquia São Miguel Arcanjo”. A obra tem como autora a senhora Anair Sartor Calegari, uma das fundadoras da Pastoral da Criança na Paróquia e membro da comunidade matriz.

Capa do livro da Pastoral. Foto: Divulgação.

“Eu não escrevi o livro sozinha. Tive a ajuda do meu sobrinho Fernando Mazzuchetti, que é graduado em História. Ele me ajudou na organização do material de pesquisa e na redação, como voluntário. A primeira parte do livro faz uma retrospectiva da Pastoral da Criança no Brasil, na Diocese e, mais profundamente, na Paróquia São Miguel Arcanjo, a partir da sua fundação, em 22 de junho de 1987, até os dias de hoje. A segunda parte traz um relato da memória religiosa da comunidade de Vila Nova, dos costumes dos primeiros moradores e da Paróquia”, relata a autora.

- PUBLICIDADE -

Ao todo, foram impressos um mil exemplares, que serão vendidos a preço de custo, no valor de 30 reais. Conforme dona Anair, a obra de 400 páginas iniciada ainda em 2012, conta com depoimentos de mais de 100 pessoas, entre agentes da Pastoral da Criança, moradores mais antigos de Vila Nova, Bispo, pároco e ex-párocos da Paróquia.

Foto: Divulgação.

“A ideia de escrever o livro veio da minha paixão pela Pastoral da Criança, que me levou a guardar todos os materiais de trabalho, fotos e recortes de jornal que falavam sobre o trabalho e informações sobre o mesmo, além de tudo o que a Pastoral trouxe de benefícios para nossa Paróquia nesses 30 anos. A partir daí, surgiu a ideia de que, com todo esse material, daria um livro de pesquisas, fatos, fotos, depoimentos e memória da nossa Vila Nova. Eu gosto muito do trabalho da Pastoral da Criança, porque é um trabalho de prevenção e orientação. No começo, ainda não havia o Programa de Saúde da Família, então nós atendíamos. Hoje, trabalhamos com parceria. É um serviço muito bem visto pela comunidade paroquial e o pessoal sempre ajuda. Formamos uma família e trabalhamos juntos, atendendo, lá na base, as pessoas que mais precisam de ajuda”, ressalta dona Anair.

Na mesma tarde do cerimonial de lançamento, a Pastoral da Criança promove o Café Colonial Verde e Branco, no valor de 15 reais. Todas as atividades serão realizadas no Salão Paroquial da comunidade matriz.

Colaboração: Diocese de Criciúma.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Içara

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.