Mostra fotográfica aborda depressão e incentiva tratamento

Ao todo, 23 fotografias com relatos reais estão expostas na Galeria de Arte Octávia Gaidzinski

Foto: Angelica Brunatto/DN
- PUBLICIDADE -

O Setembro Amarelo e as campanhas de valorização à vida levaram o fotógrafo Arlan Rodrigues a montar uma exposição repleta de fotografias que retratam a depressão. O intuito foi o de mostrar à população os perigos da doença que não distingue aqueles atinge.

A mostra conta, ao todo, com 23 fotografias retratando pessoas que sofrem com a doença e estão em tratamento e segue por tempo indeterminado na Galeria de Arte Octávia Gaidzinski. “Todas as situações são verídicas. São relatos e vivências de quem sofre da doença e de pessoas que convivem com elas”, expõe o organizador da exposição.

- PUBLICIDADE -

O trabalho começou a ser produzido em abril deste ano, após uma série de fatos terem ocorrido na vida do expositor. “No último ano perdi dois amigos por causa do suicídio. Então surgiu o Jogo da Baleia Azul e a série Os Trezes Porquês. Quis fazer algo para impactar as pessoas”, salienta.

Transmitir empatia e incentivo ao tratamento foi o objetivo de Rodrigues ao montar a exposição. “Percebi que muitas pessoas tem medo da exposição. A sociedade ainda tem preconceito, fala que a doença não existe”, comenta.

Veja Imagens

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.