Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Giovane Marcelino / Especial
Criciúma

Proporcionar um momento de descontração e esquecer o motivo que os levou a enfermidade. Esse é objetivo do grupo Médicos da Alma, que há dez anos, faz visitas em hospitais e asilos da região levando alegria as pessoas. No sábado, foi a vez do grupo fazer a primeira visita do ano. O Hospital São José recebeu seis voluntários, onde puderam visitar os pacientes do setor de urgência e emergência da unidade hospitalar.

- PUBLICIDADE -

O grupo está em reformulação desde o ano passado e também conta com novos voluntários. Uma das novas participantes é a estudante Geisiele Alves, de 20 anos, que falou admirar o trabalho realizado. “Eu conheci o trabalho há dois anos pelas redes sociais e há seis meses estou participando. Eu sempre gostei de trabalho voluntário e é muito bom conhecer a história de cada pessoa que visitamos”, explicou.

Geisiele e mais cinco voluntários começaram o trabalho ontem e devem seguir durante o ano. As visitam são feitas por no máximo quatro voluntários para que possam dar atenção a todos os visitados.. Ontem, a visita foi em maior número por ser carnaval. São dois grupos que auxiliam no trabalho: O Médicos da Alma, que são voluntários efetivos e os Amigos do Médicos da Alma que ajudam o grupo conforme a necessidade.

Os cronogramas de visitas são estipulados de acordo com a demanda de lugares, mas o grupo pretende fazer visitas todos os sábados em diferentes pontos da região.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.